No último dia 8, ocorreu em Niterói o FLISoL – Festival Latino-Americano de Software Livre – que acontece desde 2008. A Digital Max, por ser uma escola pioneira no uso e no ensino de tecnologias compostas por Software Livre, foi convidada a participar do evento e ajudar ainda mais na propagação desses softwares. No Festival, diversas entidades locais se reúnem em eventos (palestras, workshops e apresentações) que falam sobre diversos temas regionais, nacionais e latino-americanos acerca de Softwares Livres em suas diversas áreas como a artística, acadêmica, empresarial e social. Durante o evento, é realizada também a instalação, de maneira gratuita e totalmente legal,  de Software Livre nos computadores dos participantes.

 

 Os alunos da Digital Max marcaram presença no evento. (Foto: Adrian/CFW)

Os alunos da Digital Max marcaram presença no evento. (Foto: Adrian/CFW)

No ciclo de palestras, que você pode conferir no site do FLISoL, diversos profissionais da área de tecnologia estiveram presentes. O professor Rafael Aragão, da unidade Digital Max de Nova Iguaçu, foi um deles, palestrando sobre E-Commerce com CMS WordPress – uma maneira gratuita e livre para você criar sua loja virtual e vender seus produtos sem precisar gastar com custos como o desenvolvimento de um site e sua hospedagem na web. Ficou interessado? Toda a palestra foi filmada pela nossa professora Karina, da unidade Digital Max de Niterói, e você pode ficar por dentro, em breve, no nosso canal do YouTube.

Professor Rafael Aragão falando sobre E-Commerce com CMS WordPress (Foto: Adrian/CFW)

Professor Rafael Aragão falando sobre E-Commerce com CMS WordPress (Foto: Adrian/CFW)

 

Segundo o coordenador geral do evento – Antônio Cardoso –, o FLISoL foi criado para mostrar que o mundo pode ser livre e ainda assim ser tão funcional quanto se usássemos softwares proprietários. O FLISoL acontece em mais de dezoito países da América-Latina todos os anos e a Digital Max é convidada de honra para participar de todas as suas edições.
Por Emmerson Silva Rocha, coordenador de ensino da unidade de Nova Iguaçu.

Na manhã do dia 28 de março foi a vez dos livreiros cariocas ficarem por dentro das novidades do mercado editorial. Com uma recepção animada e um banquete de café da manhã no Espaço NET Botafogo, o Encontro de livreiros e blogueiros organizado pelas Editoras Arqueiro e Sextante foi dirigido pelos atuais donos (Marcos e Geraldo) da editora.

Encontro de Livreiros e Blogueiros no Espaço NET Botafogo

Encontro de Livreiros e Blogueiros no Espaço NET Botafogo

Com a casa lotada, o evento focou em apresentar, de modo dinâmico e descontraído, os livros de lançamentos que logo estarão enchendo as prateleiras das livrarias do Brasil com milhares de exemplares.

O evento também foi prestigiado com o convidado Fernando Gabeira que apresentou a sinopse do seu livro ‘’Democracia Tropical’’ e contou um pouco de sua experiência política, além de expressar sua opnião da política atual no Brasil.

Gabeira também se disponibilizou em responder às perguntas da plateia e ao ser perguntado sobre ‘’as reformas do ensino médio’’ ele respondeu: ‘’Concordo que as escolas precisam de uma reforma, mas não do modo que a reforma está sendo feita. Acho que o Brasil deveria ser mais preparado para essa transformação.’’

Convidado Fernando Gabeira fala sobre seu novo livro

Convidado Fernando Gabeira fala sobre seu novo livro

Outra participante perguntou se ele achava que o Brasil tinha um salvador no momento. Ele  pareceu totalmente convicto ao responder: ‘’Não, nós não temos nenhum salvador…o Brasil está órfão de um Salvador’’.

O evento terminou com uma palavra de Reflexão e amor da mãe dos atuais donos da Arqueiro que transmitiu uma mensagem e um vídeo do atual Papa Francisco.

Além de um café da manhã maravilhoso de início, o evento terminou com os organizadores presenteando os participantes com sacolas de brindes com broches e livros de lançamento. Cinco das sacolas estavam sortidas com a nova edição de “O que é isso companheiro?” autografada, um dos livros de maior sucesso de Gabeira. Diz aí se foi ou não foi um luxo, hein?

Brindes recebidos ao final do evento

Brindes recebidos ao final do evento

 

Confira alguns dos lançamentos deste ano:

.Boneco de pano-Daniel Cole

.Dois a Dois-Nicolas Sparks

.Sol também é um estrela-Nicola Yoon

.Quando a Bela dominou a fera-Eloisa James

.Amanhã eu paro-Gilles Legardiner

 

Filmes baseados em livros que serão lançados em 2017:

.Tudo e todas as coisas

.A cabana

 

 

 

 

Por Larissa Cazé, CFW da Tijuca.

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo, ou simplesmente Dia Mundial do Autismo, foi comemorado no último domingo dia 2 de Abril. A data serve para ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, que é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo. AZUL”cor símbolo do autismo” serve para chamar a atenção da sociedade para esta data.

Maby e Duda

Maby e Duda


Com essa ideia de conscientizar as pessoas, nós, funcionários da Digital Max Santos, no último dia 01 de abril vestimos Azul, pois em nossas escolas temos alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA).
No dia 02 Domingo, aconteceu também uma passeata na orla da Praia de santos em frente a lagoa do sapo, muitas pessoas com blusas, balões, cartazes e acessórios azuis para chamar atenção da população e afastar cada vez mais o preconceito. No final da caminhada teve show na concha acústica de Santos para as crianças e Adultos.
Conhecemos a Duda , um exemplo pra nós!
Ela é filha da Dryelli funcionária da Digital Max e ela nos contou um pouco sobre a história da Duda e como ela lida com TEA.

Equipe da DMx Santos

Equipe da DMx Santos


“O dia amanheceu azul. A Maria Eduarda, Duda ou Maroca como é carinhosamente chamada pela família, é uma menina com muita energia, bastante criativa e gosta muito de dançar.
Duda diz que será uma linda bailarina e que está treinando na escola junto com as amiguinhas.
Descobrir que a Maria Eduarda tem TEA (Transtorno do Espectro Autista) me deixou com medo do futuro dela.Como toda mãe, tenho medo que se um dia algo acontecer comigo  a pessoa que for criá-la não tenha a mesma paciência e compreensão que tenho. Lidar com a Duda exige muita paciência e tem horas que choro porque já não sei o que fazer para acalmá-la.
Mudar a rotina deixa ela um pouco perdida achando que tudo é mentira.
Duda não gosta de alguns alimentos e precisa estar tudo separado pra que ela consiga identificar  o que tem no prato.
Ela também apresenta retardo no fala, mas consegue  se comunicar, algumas vezes pedimos que ela repita o que falou porque não conseguimos entender direito.
As crises de nervo são constantes e é  o que mais me deixa desesperada, pois quero acalmá-la logo e muitas vezes não consigo.
A ansiedade e barulhos como fogos e trovões  fazem a Maria entrar em desespero e acalmá-la não é  fácil.Vamos iniciar o tratamento com terapia ocupacional e fonoaudióloga e espero que ela consiga evoluir.
Ela vive uma vida normal, adora os amiguinhos que tem e fica isolada apenas quando está chateada. O pior de tudo é  algumas pessoas não aceitarem que ela tem TEA e chamarem as  limitações dela de birras e falta de educação, eu sei o quanto é  difícil pra ela passar por algumas situações, mas sei que juntas vamos lutar por uma vida normal.”


Confira como foi nosso Dia com a pequena.
– menos preconceito e mais informações!💙

 

 

Por Maby Silva, CFW de Santos.

O filme “A Cabana” estreia apenas no dia 06 de Abril de 2017, mas nós da Digital Max estivemos presentes na cabine de imprensa no dia 27 de Março de 2017 na Zona Sul do Rio de Janeiro. Venha conferir agora o que achamos do filme.

estreia

“Um homem vive atormentado após perder a sua filha mais nova, cujo corpo nunca foi encontrado, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são encontrados em uma cabana nas montanhas. Anos depois da tragédia, ele recebe um chamado misterioso para retornar a esse local, onde ele vai receber uma lição de vida.”

 

O filme começa com cenas da infância de Mackenzie Phillips, vivido em sua fase adulta por Sam Worthington, Mack não teve uma infância muito boa, crescendo com um pai abusivo e bêbado e uma mãe omissa, além de sofrer agressões do pai a infância toda, Mack vê seu pai batendo constantemente em sua mãe, esse é um ponto importante da história, pois vemos que o personagem desde pequeno tem o instinto protetor de proteger quem ama e se sente fracassado quando não consegue.

 

Aos 13 anos, Mackenzie acaba perdendo a mãe que se suicidou, pelo menos é o que fica subentendido, por não aguentar mais ver o marido agredir a ela e o filho, nesse momento Mack toma uma decisão que mudará bastante a sua vida, ele acaba misturando uma espécie de veneno com as bebidas do pai, então temos um pulo no tempo para Mack no presente, casado e com 3 filhos.

 

Mackenzie é um homem feliz, tem seus fantasmas do passado mas é um pai bem presente, tem uma família unida e que vai a igreja todos os finais de semana, mesmo que Mack não acredite tanto em Deus, ele está sempre presente por lá, a mais devota da família é Nan Phillips, esposa de Mack interpretada por Radha Mitchell, que funciona como um elo entre eles e Deus.

sam-a-cabaa

No fim do verão, Mack resolve levar seus filhos para um acampamento, Nam acaba não indo por ter outros compromissos.

A viagem ocorre tranquilamente, na primeira noite tem uma cena bem interessante que é quando Missy, interpretada por Amélie Eve, faz algumas perguntas para o pai referente à bondade de Deus, já que ele fez seu próprio filho sofrer ao morrer, Mack que tem sérios problemas com a fé e com Deus não sabe responder a sua filha, pois é visível que ele tem os mesmos questionamentos.

No último dia do acampamento, prestes ao momento de irem embora Mack está guardando as suas coisas, seus filhos mais velhos estão em uma canoa e a filha mais nova Missy está perto dele, desenhando e é nesse momento que a história muda totalmente a pegada.

Kate Phillips (Megan Charpentier), filha de Mack resolve ficar em pé na canoa, fazendo a mesma virar e ela e o irmão Josh (Gage Munroe) caírem na água, porém Josh acaba ficando preso e não consegue subir para a superfície mesmo com colete salva vidas, Mack na mesma hora pula no lago e nada até o filho o salvando, porém, ao voltar para onde estava com Missy, a filha não estava mais lá.

Missy desaparece e depois de buscas tudo o que conseguem encontrar dela é o vestido que ela estava usando e marcas de sangue em uma cabana abandonada.

Mack se afasta totalmente da família, vivendo seu próprio luta e sentindo a culpa pela morte de Missy, ele nem consegue enxergar que Kate também se sente culpada pelo desaparecimento/morte da irmã, ele se afunda nas próprias sombras até que recebe um bilhete de Papai (que é o apelido que Nan dá a Deus) para que ele volte à Cabana. Pensando inicialmente que foi brincadeira de alguém, Mack repara que não existem marcas de pegadas até a caixinha de correio onde o bilhete estava. Levando em consideração a neve, era para ter as marcas.

Sem saber se está ficando louco ou se é armação de alguém, Mack volta para a cabana onde viu o vestido de sua filha e lá acaba encontrando ninguém menos que a santíssima trindade Deus (Octavia Spencer), Jesus (Avraham Aviv Alush) e o Espírito Santo (Sumire Matsubara) que se apresenta como Sarayu.

É nesse momento que surgem as melhores imagens do filme, afinal dá para se entender que Mack está no paraíso, lindos jardins floridos, lindas paisagens, simplesmente é encantador.

O filme tem alguns alívios cômicos, porém não é um filme de comédia é algo terapêutico, independente da sua fé, conseguimos ver aos poucos a transformação de Mack, do cara que simplesmente culpa Deus pelos problemas do mundo para o cara que acredita em Deus, no amor de Deus e nos planos dele.

Mack confronta Deus em muitos momentos, com perguntas que todos nós gostaríamos de fazer, como por exemplo tentar entender o porquê Deus deixa coisas ruins aconteceram às pessoas sendo ele é onisciente? Deus é realmente bom? Isso tudo vem à tona no filme, mas o que eu mais gostei realmente foi a humanização de Deus, ele no filme não é visto como um ser que simplesmente está acima de tudo, não! Ele é alguém que sofre, mas que ama seus filhos e por isso nem sempre pode fazer algo.

Aliás, um outro momento do filme extremamente emocionante e que eu, confesso, mais gostei foi a aparição de Alice Braga como a Sabedoria, ela aparece pouco, mas representa bem o Brasil, pois o pouco que apareceu fez com que sua personagem fique marcante. Ela nos mostra sobre como todos nós queremos bancar Deus o tempo todo, julgando as pessoas ao nosso redor, por sua cor, roupas, posição social… Julgando as pessoas pelos crimes que elas cometem e não vou dar spoiler, porém o momento que a Sabedoria mostra o pai de Mack é simplesmente um tapa com luva de pelica.

Além de Alice Braga, quem se destacou também foi a Santíssima Trindade, principalmente Octavia Spencer que na minha opinião agora compete com Morgan Freeman para decidirmos quem é o melhor Deus.

Avraham como Jesus e Sumire como o Espírito Santo não ficam nenhum pouco para trás, fica muito óbvio desde o começo quem é cada um, a escolha do elenco foi a melhor e acertou em cheio ao colocar esses atores que fogem totalmente da personificação cristã de como é Deus, Jesus e o Espírito Santo, fazendo com que todos possam se identificar.

A única coisa que faltou no filme, na minha opinião, é a explicação do que aconteceu com o assassino de Missy, não é falado nada sobre ele, tudo o que sabemos é o que Deus fala, que o crime dele foi grande e que ele não sairá impune, enquanto que no livro ficamos sabendo exatamente o que acontece com ele.

Vale muito a pena ver o filme, com um elenco muito bem escolhido, imagens maravilhosas e um roteiro sensacional. A sensação de quando o filme acaba é sair com a alma lavada, mais leve, é como se suas dores e problemas pudessem ser curados e independente da fé que você tenha, essa é sua sensação. Mas já aviso aos sentimentais: levem suas caixinhas de papel, pois no final do filme tudo o que se conseguia escutar na sala era o choro de alguns.

 

Por Karina Burini, professora de informática na Digital Max Niterói, estudante de jornalismo, blogueira literária e escritora de ficção com 3 livros publicados no Brasil.

Depois de dezenas de trabalhos avaliados e entrevistas realizadas, chegamos ao resultado final dos alunos que farão parte da equipe de Comunicação da Digital Max através do Curso de Formação para Web.

cfw-curso-formação-web

Todos os alunos selecionados vão participar da Imersão CFW, que vai acontecer na próxima semana, nos dias 25 e 26 de janeiro, na unidade de Niterói. Serão dois dias de atividades em grupo para integração e planejamento para os próximos meses. Como informado durante as entrevistas, os alunos selecionados serão acompanhados por um professor da própria unidade nesses dias.

Além disso, os vencedores do concurso Felicidade Máxima estarão presentes na imersão, já que eles também fazem parte da equipe do CFW.

Aos alunos que não passaram para o CFW desta vez, não desanimem! Haverá outras oportunidades ainda em 2017.

Parabéns a todos os participantes das oficinas e aos alunos selecionados para o CFW!

Confira a lista abaixo!

Nova Iguaçu

Matheus Rodrigues

Caxias

Rangel Dornelas

Caroline Oliveira

Santos

Marielly Silva

Tijuca

Larissa Cazé

Luis Filipe Rodrigues

Niterói

Adrian Treiger

Rani dos Anjos

Suplente: Mayara Pereira (na impossibilidade de permanência de qualquer participante, a aluna ocupará a vaga)

Colaboradora especial: Anna Carolina Aragão (poderá participar de matérias especiais, escrevendo e/ou gravando vídeos de modo colaborativo)

 

Quem nunca precisou falar em inglês? Seja em aulas, com turistas ou para autoaprendizagem. Sempre haverá alguns erros de gramática – principalmente para iniciantes – entretanto, passarei algumas dicas de inglês para uma comunicação breve e simples.

fale-idioma

  • Saiba o máximo possível do vocabulário – É de extrema importância você conhecer as palavras que irá pronunciar primeiro, antes de realmente existir uma conversação.
  • Treine a pronúncia – Sempre é importante treinarmos a pronunciação das palavras que iremos expor, pois existem diferenças de pronúncia entre o inglês americano e britânico.
  • Use frases curtas e objetivas – Não se incomode de usar frases curtas, pois haverá um melhor entendimento de quem te escuta, além de passar uma imagem mais calma e transparente.
  • Não utilize palavras complexas – A dificuldade de usar palavras complexas é a sua pronunciação e/ou seu verdadeiro significado – falsos cognatos.
  • Saiba a gramática – É o mais importante, mesmo sendo complicado para algumas pessoas. Sem a gramática, você não saberá formular frases e assim, nunca poderá se comunicar corretamente.

Estas são algumas dicas iniciais para uma boa comunicação em inglês – sem passar vergonha – mas sem treino e esforço, ninguém será capaz de ter uma comunicação aceitável.

Espero que estas dicas ajudem a grande maioria que terá a dedicação de estudar e seguir em frente com a língua Inglesa.

Texto escrito pela aluna Anna Carolina, aluna da unidade da Tijuca.

Um empreendedor é aquele que deseja investir em um negócio próprio a fim de obter lucros.

O que é ser um empreendedor?

O que é ser um empreendedor?

Como posso ser um bom empreendedor?

  • Iniciativa – É preciso tomar à frente e ser ousado ao se tornar um empreendedor.
  • Perseverança – Superar momentos de dificuldades e se mostrar firme.
  • Coragem para correr riscos – Acreditar na própria capacidade e arriscar de maneira cautelosa.
  • Capacidade de planejamento – Ser inteligente e montar as melhores estratégias para um melhor desempenho da empresa.
  • Eficiência e qualidade- Buscar sempre o melhor da empresa, ser exigente e zeloso com o que possui.
  • Rede de contatos – É necessário obter o máximo possível de contatos para saber onde recorrer em momentos de crise.
  • Liderança – Agir em favor do grupo, ser presente, dedicar-se aos funcionários, pois eles ajudarão a manter a sua empresa.

Texto escrito pelo aluno Matheus Rodrigues durante a oficina de Produção de Conteúdo para Web.

Depois de avaliar muitos textos, infográficos e vídeos, chegamos a um consenso de quais alunos serão chamados para a segunda fase de seleção do CFW. A lista não significa que apenas esses alunos fizeram bons trabalhos, mas sim que os alunos aqui selecionados apresentaram perfis que estão de acordo com o que precisamos atualmente para montar a equipe.

Curso de Formação para Web

Curso de Formação para Web

É importante dizer também que o CFW é um Curso de Formação para Web, ou seja, os alunos selecionados vão aprender a produzir conteúdo. Eles não estão prontos, não esperamos selecionar profissionais, mas sim jovens com perfil para produção de conteúdo.

Outro ponto importante é que nem todo mundo selecionado para a entrevista irá, de fato, se tornar CFW. Nós vamos fazer uma entrevista pela internet (que será marcada para a próxima semana) para avaliar os alunos que irão se tornar CFWs. Depois dessa entrevista, vamos divulgar a lista final da equipe de Comunicação da Digital Max, já com os selecionados.

Esperamos avaliar o perfil dos alunos durante as entrevistas, entender o que esses alunos esperam do CFW, quais são seus sonhos e objetivos profissionais. Mas não precisa ter medo, será uma conversa para conhecer melhor os alunos com potencial para CFW.

Ansioso (a) para saber se você foi selecionado? Confira a lista abaixo!

Caxias

Rangel Dornelles

Caroline Oliveira

Nova Iguaçu

Matheus Rodrigues

Beatriz Silva

Niterói

Rani dos Anjos Esteves

Adrian Treiger

Mayara Pinheiro

Tijuca

Larissa Cazé

Anna Carolina Aragão

Luis Filipe Rodrigues

Santos

Rafaelli Santos Lima

Marielli Silva Santos

Agora que o mistério acabou, podem comemorar! Mas não esqueçam da preparação para a entrevista, hein! Nós entraremos em contato com os selecionados para marcar a data.

Se você não foi selecionado desta vez, não desanime! O CFW tem duração de 6 meses. Vamos ter outra seleção ainda em 2017. Além disso, todo mundo pode colaborar com o site, o blog e a revista da Digital Max. Contamos com vocês!

As tão esperadas férias escolares chegaram e você só pensa em aproveitar, não é mesmo? Mas nem só de praia se vive no verão! Por isso, a dica é aproveitar um pouco as férias para ampliar suas experiências culturais com a exposição do artista Mondrian, que vai até dia 09/01 (segunda-feira) no CCBB RJ.

cartaz-mondrian-jpeg-746x1024

Piet Mondrian foi um pintor holandês do movimento modernista que inovou na arte ao produzir obras simples e com composições coloridas únicas. Na exposição que está disponível gratuitamente no Centro Cultural Banco do Brasil desde outubro, é possível observar obras que incorporam as formas artísticas denominadas por Mondrian como neoplasticismo. O artista defendia que a arte não tinha como função apenas reproduzir objetos reais, mas expressar o que estava oculto, expressar sensações. Mondrian fazia isso através das cores primárias e dos ângulos e linhas retos, como é possível ver na conhecida Imagem abaixo.

 

"Composição com Vermelho, Amarelo e Azul", de Piet Mondrian - 1921

“Composição com Vermelho, Amarelo e Azul”, de Piet Mondrian – 1921

Além de mostrar a trajetória artística de Mondrian, é possível ver a materialização da “arte total”, defendida pelos artistas do movimento De Stijl (O estilo, em holandês), que tinha Mondrian como ícone principal.

Se você não conhece o CCBB, fique sabendo que as exposições são sempre gratuitas e muito concorridas. É preciso chegar cedo para garantir lugar na fila.

FIQUE DE OLHO!

Onde ir: CCBB RJ, na Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, RJ (Fica próximo à Candelária, dá para ir andando da Central e da estação das Barcas).

Quando: até dia 09/01, próxima segunda-feira.

Horário: Das 9h às 21h, de quarta a segunda.

Quanto custa: entrada gratuita!

Para mais informações, acesse o site do CCBB RJ.

 

 

 

2016 foi um ano intenso para quase todo mundo. Aqui na Digital Max não foi diferente. Nós vivemos momentos incríveis de janeiro a dezembro, com destaque para o mês de outubro, quando aconteceu a nossa tão esperada festa Felicidade Máxima.

Para relembrar e comemorar 2016, nós fizemos uma retrospectiva com nossos melhores momentos. Dessa forma, nos despedimos de 2016 e damos boas-vindas a 2017.

 

  1. Um ano para mudar a sua vida!