Se você está procurando uma oportunidade para ingressar no mercado de trabalho, preste bastante atenção neste post.

Há vagas!

Há vagas!

Nós selecionamos 3 vagas voltadas para a área administrativa que podem facilmente ser preenchidas por alunos da Digital Max desde os primeiros meses do curso de informática.

Como vocês vão ver abaixo, os conhecimentos exigidos para as vagas estão relacionados à criação e edição de planilhas, processadores de texto e organização de modo geral.

Mas é preciso estar atento durante a seleção, em especial, para os aspectos comportamentais que na maioria das vezes não são exigidos de modo objetivo. Isto é, existem algumas maneiras de comportamento esperados dos candidatos e se você quer se destacar na hora de enviar o currículo, na hora de fazer as entrevistas e no ambiente de trabalho, fique ligado nas dicas que nós já publicamos em nosso blog.

 

Para aprender a fazer um currículo criativo, veja este post aqui!

Para saber como se comportar nas entrevistas, clique aqui!

Para saber o que os entrevistadores podem perguntar, veja este texto aqui!

Agora que você já está preparado para enviar seu currículo e participar das entrevistas, conheça as vagas disponíveis para Caxias, Nova Iguaçu e Niterói.

 

JOVEM APRENDIZ – DUQUE DE CAXIAS

Área: Administrativa

Salário: R$ 512,53

Fábrica do ramo alimentício contrata Jovem Aprendiz para Elaborar planilhas, organizar arquivos, auxiliar a área administrativa da empresa no que for preciso.

Não é necessário ter experiência, mas é preciso ter Ensino Médio Cursando ou Concluído e noções de informática.

O horário do trabalho é de segunda a sexta-feira das 13:00 às 17:00 e o jovem ainda recebe vale transporte.

Quer se inscrever nesta vaga? Envie seu currículo gratuitamente pelo RioVagas.

 

JOVEM APRENDIZ – CENTRO RJ

Área: Administrativa

Salário: R$ 768,00

Empresa multinacional líder no setor de gás e eletricidade contrata Jovem Aprendiz para apoio administrativo sempre que necessário, para o desenvolvimento das atividades afins, atendendo com qualidade, segurança e rapidez.

É preciso ter concluído o Ensino Médio completo.

O horário de trabalho é de segunda a sexta-feira das 09:00 às 16:00 (com 1h de almoço).

Os benefícios oferecidos são:

– Vale Transporte
– Vale Alimentação
– Vale Refeição
– Convênio Médico
– Convênio Odontológico
– Seguro de Vida em Grupo

Para participar da seleção, envie seu currículo pelo RioVagas.

 

JOVEM APRENDIZ – NOVA IGUAÇU

Área: Administrativa

Salário: R$ 512,12

Empresa de terceirização contrata Jovem Aprendiz para Alimentar planilhas; Realizar e atender ligações; Mexer com arquivo e protocolo, entre outras atividades pertinentes a área.

O candidato não precisa ter experiência, mas precisa morar na baixada.

O trabalho é de segunda à sexta, apenas 4h por dia, e o Jovem Aprendiz irá receber os seguintes benefícios:

– Vale Transporte
– Convênio Médico
– Convênio Odontológico
– Convênio Faculdade

Participe da seleção enviando seu currículo para o RioVagas.

Se você tiver alguma dúvida sobre como fazer seu currículo ou sobre como se sair bem nas entrevistas, deixe um comentário abaixo que a gente ajuda!

Você está em uma fase na qual precisa decidir o que fazer pelo resto da vida? O ENEM está quase chegando, o ensino médio terminando e o mercado de trabalho se aproximando e você não tem ideia das áreas que mais empregam, não tem noção de quanto se ganha e está perdido em relação às áreas mais promissoras? Então vem com a gente!

A primeira coisa que a gente indica para você é um teste vocacional. Esse teste serve para você identificar as áreas de estudo que têm mais a ver com seu perfil. Nós já escrevemos um post aqui no blog indicando os melhores sites para fazer o Teste Vocacional gratuitamente. Clique aqui para fazer!

Agora, para ampliar a sua percepção sobre a realidade do mundo e as possibilidades de empreender e inventar novos futuros, a gente apresenta um estudo realizado pela Sparks and Honey, uma empresa norte-americana que presta consultorias para organizações que desejam ser culturalmente relevantes. Divulgado em setembro pela Universia de Portugal, o estudo aponta as 10 profissões mais promissoras para o futuro.

Drone sobrevoando a cidade

Drone sobrevoando a cidade

Se você está pensando em medicina, engenharia ou direito, você está redondamente enganado! A maioria das profissões listadas sequer existe, elas foram pensadas para novos formatos de negócios e podem nem exigir formação acadêmica.

Veja a lista abaixo!

  1. Consultores de produtividade: Especialistas em tecnologias e soluções capazes de melhorar o desempenho das empresas e dos seus colaboradores.
  2. Curadores digitais: Fazem uma seleção de conteúdos e ferramentas digitais, escolhidos de acordo com a carreira ou a personalidade do cliente.
  3. Gestores de morte digital: Cuidam do conteúdo online de utilizadores falecidos.
  4. Disruptores corporativos: São responsáveis por estimular as empresas a abandonarem as suas hierarquias engessadas e passarem a atuar num ambiente mais flexível, como o de novas empresas e startups.
  5. Tutores de curiosidade: É uma espécie de coach da criatividade, que é contratado para levar ao seu cliente conteúdos que estimulem a sua curiosidade.
  6. Alternative Currency Speculators: Especialista em investimentos e moedas digitais, como a bitcoin.
  7. Especialista em Crowdfunding: Trabalha com a plataforma online Crowdfunding, utilizada para captar e oferecer investimentos a projetos de empreendedorismo, causas sociais e outras iniciativas.
  8. Operadores de drones: Será contratado para pilotar as pequenas naves, principalmente em áreas urbanas.
  9. Consultores de privacidade: Profissional capaz de avaliar riscos online ou físicos e orientar o seu cliente com base nessas análises.
  10. Coaches de Skype: Espécie de coach pessoal contratado para preparar o cliente para entrevistas ou reuniões através da plataforma Skype, indicando a melhor forma de se portar em frente às câmaras durante a conferência

E aí, gostaram da lista? Bem diferente do que imaginavam, não é?

Mas a pergunta que não quer calar: como se aprender essas profissões? Será que vão inventar cursos para formar esses profissionais? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

3026042611-millennials

Muitas críticas são feitas aos integrantes da chamada “geração Y”. Distraídos, mimados, ansiosos, improdutivos….Esses são apenas alguns dos julgamentos feitos àqueles nascidos entre os anos 1980 e começo dos anos 2000. Como cresceram com os avanços da tecnologia, essa galera provocou um choque de gerações quando encontrou seus chefes no mercado de trabalho.

É claro que a diferença de comportamento de gerações provoca muitos problemas, mas quando os profissionais conseguem trabalhar bem seus perfis e características pessoais, muita coisa boa pode surgir. E é sobre isso que vamos falar hoje!

geracao-y-no-mercado-de-trabalho

A geração Y que deu certo

Trouxemos como exemplo 3 profissionais da geração Y que estão usando as características da sua geração a seu favor. E eles estão arrasando.

 

clique para ampliar

clique para ampliar

Deltan Dallagnol é procurador da justiça e coordenador da operação contra corrupção Lava Jato. Deltan tem 34 anos, é formado em Direito e tem mestrado pela prestigiada universidade de Harvard, dos Estados Unidos. O procurador passou em concurso público com apenas 22 anos e, embora trabalhe muito desde então, ele não deixa sua vida pessoal e a diversão de lado. Deltan, que é cristão, adora é também skatista e surfista nas horas vagas. Nas férias que tirou em 2014, ele viajou para a Indonésia. Logo em seguida, voltou ao trabalho, para continuar as investigações da Lava Jato.

Para conhecer mais sobre Deltan Dallagnol, veja a entrevista que ele deu no Programa do Jô!

 

size_960_16_9_gabriel-benarros-ingresse

clique para ampliar

Gabriel Benarrós é um jovem amazonense que criou a empresa Ingresse.com, um site que reúne os melhores eventos e oferece a possibilidade de compra online e facilitada. Com 20 e poucos anos, Gabriel ganhou uma bolsa de estudos da Fundação Estudar para ir para Stanford University. Depois de terminar a faculdade e ingressar no mestrado, ele voltou para o Brasil porque sua empresa já estava crescendo. Gabriel é mais um exemplo de jovem da geração Y que soube dosar o entusiasmo da idade e foco na vida profissional.

Conheça a empresa de Gabriel Benarrós no site https://www.ingresse.com/.

 

clique para ampliar

clique para ampliar

E o terceiro exemplo de jovem da geração Y de sucesso tem tudo a ver com a Digital Max. O mato-grossense Felipe Dib tem 29 anos e após um acidente de carro que quase tirou sua vida resolveu fazer algo para ajudar às pessoas, isto é, fazer sua vida ter sentido. Foi assim que Felipe criou o site “Você Aprende Agora”, uma empresa de videoaulas  de idiomas que hoje conta com mais de 8 milhões de aulas assistidas. A proposta da empresa é ensinar em 3 minutos o que muitos ensinam em um mês.

Para conhecer a empresa de Felipe Dib, vá em http://www.voceaprendeagora.com/.

 

É claro que existem outras dezenas de pessoas da chamada “geração Y” que estão fazendo coisas brilhantes por aí, então esses são apenas alguns exemplos de gente que consegue mesclar os pontos negativos e positivos de crescer plugado nas tecnologias digitais e ainda assim produzir ideias interessantes.

E você, conhece algum profissional que mereça reconhecimento? Conta para gente nos comentários abaixo!

teto-3

Se você estuda ou já estudou na Digital Max, deve saber que a cidadania está entre os valores de base da nossa empresa. Isso quer dizer que além de formar profissionais competitivos, a Digital Max se orgulha por contribuir também com a formação de pessoas melhores para esta sociedade. Seja por meio do Programa do Bem-Estar do Menor (Probem) ou pelo incentivo de práticas de respeito ao próximo, a Digital Max está sempre batendo na tecla de que não basta aprender inglês e informática para ser um bom profissional. E ser um bom profissional também não é suficiente para fazer a diferença no mundo, né?

E é para falar de uma grande oportunidade para se tornar esse profissional/cidadão diferenciado que fazemos este post de hoje.

A ONG Teto está com inscrições abertas para voluntários no Rio de Janeiro.

 

Para quem não conhece, a Teto é uma Organização Não Governamental (ONG) sem fins lucrativos (ou seja, não lucra com seu trabalho) que constrói casas de madeira para pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social. E eles só podem fazer isso com a ajuda de voluntários! Isso mesmo, de pessoas com boa vontade e algum tempo disponível para doar disposição e algumas horas do dia para os outros.

Vale dizer que o trabalho deles é incrível! E no mês de outubro eles vão construir casas como essas da foto abaixo em três bairros do Rio de Janeiro. Por isso, estão cadastrando voluntários. Não tem nenhum requisito, apenas boa vontade! Os voluntários antigos ajudam os novos e toda a comunidade se envolve também.

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Se você ainda tem dúvidas se vale a pena mesmo gastar seu tempo construindo casas para outras pessoas, fique sabendo que, além da satisfação de fazer a diferença no mundo, as melhores empresas valorizam e muito esse tipo de atividade. Ou seja, trabalho voluntário agrega valor ao seu currículo.

Trabalhando voluntariamente na Teto, você irá desenvolver senso de responsabilidade, trabalho em equipe, vai indiferente-tetocolocar a mão na massa (ou pelo menos na “madeira”), vai vivenciar realidades distintas, vai conhecer pessoas de realidades distintas e vai ter a satisfação de ver a concretização de um projeto do qual você fez parte. Sério, todo mundo que participa afirma que é uma das melhores experiências da vida, que é levada, inclusive, para o ambiente de trabalho.

 

 

E aí, já se animou com a chance de fazer parte de algo único como a construção de casas com suas próprias mãos para pessoas necessitadas?

Então acesse este link para fazer sua inscrição e não esqueça de falar pra gente se você for selecionado para participar, hein!

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Mesmo se você não for participar desse trabalhado com a Teto, a dica é estar aberto a oportunidades de trabalho voluntário em orfanatos, asilos, escolas e ONGs da sua cidade. Qualquer ajuda que você puder dar será bem-recebida e você ganha uma experiência que faz parte de quem você está se transformando na vida. Pense nisso!

 

Jovem-aprendiz

Você já deve ter ouvido falar sobre o programa Jovem Aprendiz muitas vezes, não é? Mas você sabe exatamente sobre o que se trata esse projeto?

Então vamos esclarecer todas as suas dúvidas agora mesmo!

O programa Jovem Aprendiz está amparado pela Lei de Aprendizagem nº 10.097 de 2000, que regulariza a iniciação profissional de jovens a partir de 14 anos de idade na condição de aprendizes com direitos trabalhistas. Com aprendizes, a legislação quer dizer a função de um jovem que estuda e trabalha em regime compartilhado de formação e execução do serviço. Dito de outra maneira, as empresas que possuem programas de aprendizagem devem oferecer um curso técnico ou profissional para compor a formação do jovem contratado, além de se certificar que esse jovem está regularmente matriculado em uma unidade pública ou particular de ensino. Além disso, o jovem é constantemente avaliado por técnicos para monitorar se o objetivo do projeto está sendo executado.

Dito isso, é importante registrar que a Digital Max não tem a responsabilidade de encaminhar jovens para trabalho e nem para o programa Jovem Aprendiz, mas sim formar profissionais competitivos para o mercado de trabalho e orientar nossos alunos na busca de vagas de emprego e de estágio, incluindo o Jovem Aprendiz.

Uma das melhores maneiras de conhecer e participar dos processos seletivos para jovens é se cadastrando no site do Centro de Integração Empresa-Escola, o CIEE. Lá você encontra diversas vagas e pode concorrer a todas elas gratuitamente.

CIEE

CIEE

Além disso, a gente está sempre publicando vagas aqui no blog e em nossas redes sociais. Fique de olho!

Para ter acesso ao Manual de Aprendizagem do Governo Federal, clique aqui.

Fim de ano chegando e você já louco de vontade de ganhar seu dinheiro para garantir as compras de Natal, não é? Então veja abaixo a lista de oportunidades que a gente selecionou para você encontrar uma vaga de emprego ou estágio.

Região Metropolitana – 5 vagas

Distribuidora do segmento de perfumaria, higiene e limpeza

Cargo: Jovem Aprendiz

Número de vagas: 5

Descrição do cargo / Responsabilidades:

Auxiliar o trabalho de Merchandising nos clientes parceiros, reposição de produtos, execução de ações promocionais e acompanhamento da rotina de merchandising.

Formação e experiências requeridas:

Ter entre 18 e 22 anos;
Ensino Médio completo ou cursando;
Residir na região metropolitana;
Pacote Office completo

Bairro: Região Metropolitana

Fonte: Rio Vagas.

Inscreva-se aqui: https://www.riovagas.com.br/08temos-vagas/25/11/39/jovem-aprendiz-jovem-aprendiz-vendas-distribuidora-r-51200-regiao-metropolitana-5-vagas-primeiro-emprego/

Irajá – 5 vagas

Supermercado Atacadista

Cargo: Jovem Aprendiz

Número de vagas: 5

Descrição do cargo / Responsabilidades:

– Repositor de Mercadorias

Formação e experiências requeridas:

De 18 a 22 anos
Cursando o Ensino Médio (1° ou 2° ano) na parte da manhã.

Bairro: Irajá

Fonte: Rio Vagas.

Inscreva-se aqui: https://www.riovagas.com.br/08/23/15/00/jovem-aprendiz-jovem-aprendiz-supermercado-atacadista-pretensao-salarial-iraja-5-vagas-primeiro-emprego/

 

Centro RJ – 1 vaga

APOIO NA ÁREA ADMINISTRATIVA DA EMPRESA.

Turnos: Manhã

Horário:               08:30 ÀS 12:30H

Cursos: ENSINO MÉDIO 1° ao 3°; NÍVEL MÉDIO 1° ao 3°; NÍVEL MÉDIO/(NEJA – ED. DE JOVENS E ADULTOS) 1° ao 3°; NIVEL MÉDIO/TÉC. ADMINISTRAÇÃO (CONCOMITANTE) 1° ao 3°

Local:    RJ – RIO DE JANEIRO – CENTRO

Fonte: Mudes.

Inscreva-se aqui: http://www.mudes.org.br/home/canal_estudante/i_estagio_show.asp

São Cristóvão – 1 vagas

APOIO A ÁREA ADMINISTRATIVA

Turnos: Tarde, Integral

Horário:               12:00 ÀS 18:00H

Cursos: NÍVEL MÉDIO 1° ao 3°; NÍVEL MÉDIO/(NEJA – ED. DE JOVENS E ADULTOS) 1° ao 3°; NIVEL MÉDIO/TÉC. ADMINISTRAÇÃO (CONCOMITANTE) 1° ao 3°

Local:    RJ – RIO DE JANEIRO – SÃO CRISTÓVÃO

Fonte: Mudes.

Inscreva-se aqui: http://www.mudes.org.br/home/canal_estudante/i_estagio_show.asp

Para não fazer feio na seleção, veja antes os posts publicados aqui no blog com dicas de como criar um currículo e como se comportar em uma entrevista de emprego ou estágio.

Boa sorte!

estagio-vagas

Você já conhece a Fundação Mudes? Assim como o Ciee, a Fundação Movimento Universitário de Desenvolvimento Econômico e Social (Mudes) é uma organização que recruta e seleciona jovens para o mercado de trabalho.

Todo o trabalho da Mudes é gratuito para os candidatos, pois trata-se de uma organização beneficente.fundacao mudes

Embora tenha nascido no Rio de Janeiro há quase 50 anos, ela hoje atende jovens no Brasil inteiro.

E a boa notícia é que há diversas vagas abertas neste momento!

Para concorrer às vagas de estágio e de jovem aprendiz, você só precisa fazer seu cadastro no site da Fundação Mudes (clique aqui). Atenção: é preciso ter um número de CPF para fazer o cadastro.

Clicando no menu Pesquisar Vagas, (clique aqui), você encontra as vagas disponíveis de acordo com sua cidade e escolaridade.

Fizemos uma busca rápida sobre as vagas no Rio de Janeiro. Veja a lista abaixo de vagas de estágio para ensino médio.

48242 RJ – RIO DE JANEIRO – PAVUNA 9H ÀS 14H – SEGUNDA À SEXTA
48217 RJ – RIO DE JANEIRO – TAQUARA 13:00 ÀS 18:00 OU 14:00 ÀS 19:00H
48200 RJ – SÃO GONÇALO – ALCANTARA 9/14 E (14/18H SEGUNDA A SÁBADO DE 9/13)
48130 RJ – NITERÓI – CENTRO 6H DIÁRIAS A COMBINAR
48081 RJ – NITERÓI – ICARAÍ 09:00 ÀS 14:00 (SEGUNDA A SÁBADO)

 

Tá esperando o quê? Faça seu cadastro!

Dúvidas de como fazer um bom currículo? Veja aqui no blog como fazer um currículo.

É aluno da Digital Max? Use nossos laboratórios para fazer o seu currículo e peça ajuda a um professor ou colega para revisar!

Boa sorte!

como_se_vestir_entrevista-postura-homem

Nesta semana, nós publicamos dois posts falando sobre como se preparar para a seleção do programa Jovem Aprendiz. O primeiro, de segunda-feira, foi sobre como causar uma boa impressão (veja aqui) e o de quarta-feira trouxe 10 perguntas que são feitas em quase todas as entrevistas de estágio e emprego (veja aqui). O post de hoje traz 10 das dezenas de perguntas curiosas realizadas por empresas como Google, Facebook, Apple, Cisco, Starbucks e tantas outras.

É muito comum ter quer responder a uma pergunta inusitada em uma entrevista, por isso é bom treinar a capacidade de improvisação. Não existem respostas corretas para as perguntas abaixo, mas a dica é: exercite sua imaginação e seu autoconhecimento.

 

É divertido imaginar respostas para perguntas inusitadas como estas!

E aí, qual foi sua pergunta preferida?

Como você responderia? Conta pra gente!

Estude antes de ir para a entrevista

Nesta semana, estamos trazendo dicas para ajudar quem está participando ou vai participar de processos seletivos. Como a seleção para o programa Jovem Aprendiz está aberta no Rio (se ainda não está sabendo, veja aqui), estas dicas podem ser muito úteis neste momento.

Na segunda-feira, nós falamos sobre como causar uma boa impressão na entrevista de emprego ou estágio (veja aqui). Hoje, as dicas são sobre perguntas que geralmente são feitas nas entrevistas.pergunta-entrevista

Como não existem respostas prontas, já que há inúmeras possibilidades de avaliação, nós não vamos sugerir respostas fechadas. Mas as principais dicas para responder a todas às perguntas são: honestidade e bom senso.

Não adianta mentir, dizer que você o que você não é e que quer o que você já sabe que não quer. Mas também não precisa exagerar na sinceridade, tentar impor sua opinião. O importante de saber mais ou menos o que os avaliadores perguntam é porque isso vai te ajudar a se acalmar e responder com mais tranquilidade. Além disso, pensar nas respostas para as perguntas é um exercício de autoconhecimento também.

Veja abaixo 10 das perguntas mais frequentes em entrevistas e prepare-se para quando chegar a sua vez de respondê-las.

 

1 –  Por que você quer trabalhar com a gente?

Para responder a essa pergunta, você precisa conhecer a empresa. Por isso, comece sua pesquisa assim que for chamado para entrevista. Acesse site, redes sociais e possíveis notícias que possam ter sobre a empresa na internet. Você pode falar sobre os pontos positivos da empresa, como os produtos e/serviços colaboram para uma sociedade melhor, sobre a maneira como trata os funcionários, sobre as oportunidades de carreira, sobre o alinhamento da empresa com a sua própria visão de mundo. Ou seja, é importante você encontrar pontos em comum entre seus sonhos e a atuação da empresa.

2 – Por que devemos contratá-lo?

Este é o momento de falar sobre você mesmo. Em primeiro lugar, foque no lado profissional. Fale sobre suas experiências (se tiver) e sobre suas qualificações. Em seguida, fale sobre sua personalidade e sobre como ela pode te ajudar a realizar o trabalho e sobre como seus objetivos se alinham com os da empresa. É preciso mostrar que há uma identificação entre a pessoa que você é e o profissional que quer ser com o que a empresa é e pode oferecer.

 

3 – Quais são seus pontos fortes?

Seja objetivo. Fale primeiramente sobre suas características positivas. Três é um bom número. Cite-as e depois desenvolva uma explicação sobre elas, usando exemplos de como os pontos fortes te ajudam na sua vida prática, em seus estudos e trabalho.

4 – Quais são os seus pontos a desenvolver?

Seja honesto. Assim como nos pontos fortes, cite dois ou três pontos a desenvolver. Todo mundo tem pontos a desenvolver, ainda mais quem está começando a vida profissional. Fale sobre eles e diga o que está fazendo para melhorar. Fuja dos clichês: “perfeccionismo” não vale como ponto a desenvolver. Para não falar mais do mesmo, pense bem antes, prepare-se para a entrevista e aproveite para se conhecer melhor.

5 – Qual é o seu maior sonho?

Pense antes sobre o que vai responder para não parecer imaturo. Tenha em mente que essas perguntas são feitas para avaliar a capacidade de autoavaliação dos candidatos, a maturidade e se os candidatos têm o perfil que eles buscam. Por isso, pense bem antes de falar que seu sonho é ganhar na mega sena, virar jogador de futebol ou ter uma Ferrari, ok?

6 – Como se dá com o trabalho em equipe?

O importante aqui é mostrar que você consegue e que gosta de trabalhar em equipe, que tem um bom relacionamento interpessoal, que sabe respeitar os outros, que colabora com o trabalho dos outros, que a empresa pode contar com você. Caso não tenha experiência de trabalho ainda, você pode dar exemplos de como trabalha em equipe na sua escola, na igreja, no curso, nas atividades esportivas. Atletas ou praticantes amadores conseguem dar exemplos muito bons de trabalho em equipe. Aproveite!

7 – O que procura num trabalho?

Para responder a essa pergunta, use um pouco do que falou na pergunta do sonho, mais o que disse sobre a empresa. O avaliador espera que o trabalho oferecido tenha características interessantes para você. Entretanto, tenha em mente que você não está falando do trabalho naquela empresa, mas de trabalho de modo geral. Ou seja, a intenção aqui também é avaliar as suas expectativas e se elas estão de acordo com o que a empresa oferece.

8 – O que o motiva a trabalhar melhor?

Como você provavelmente nunca trabalhou, a sugestão aqui também é falar sobre o que você espera. Você também pode usar exemplos de momentos interessantes em seus estudos, no curso e com práticas esportivas. Por exemplo: uma equipe que se respeita, pessoas inteligentes, um bom ambiente de trabalho, um bom salário, possibilidades de crescimento, um gestor que frequentemente avalia os funcionários. Enfim, existem centenas de possibilidades. Mais uma vez a dica é: pense antes de responder e responda de acordo como que você realmente considera importante.

9 – O que você faz no seu tempo livre?

A intenção do avaliador com essa pergunta é conhecer melhor sobre sua personalidade e sobre como você administra seu tempo. Você pode falar sobre os esportes que pratica, sobre o que gosta de fazer nos finais de semana, como ir ao cinema, à praia, fazer trilhas, ler, escrever, fotografar. Enfim, fale, de fato, sobre o que faz. Não tem muito mistério.

10 – Como você se imagina daqui a 5 ou 10 anos?

É importante não confundir essa pergunta com a pergunta dos sonhos. Embora esta questão também tenha a ver com sonhos, o avaliador vai esperar coisas mais concretas. Se você sonha em ter um bom emprego, uma casa, fazer uma viagem internacional ou entrar para a universidade, você precisa dizer o que está fazendo para conseguir chegar lá. Isso é muito importante!

 

O que acharam das perguntas e das dicas?

Lembrem-se que muitas outras perguntas podem ser feitas, mas se vocês exercitarem essas listadas acima vocês já terão feito um trabalho enorme de autoconhecimento e isso vai ajudar e muito na hora de responder a outras questões.

Prontos para a entrevista?

Na sexta-feira, vamos trazer as 10 perguntas mais estranhas feitas nas entrevistas de emprego e estágio.

Fique de olho!

 

Entrevista de emprego ou estágio nunca é fácil

Na sexta-feira passada, nós divulgamos aqui no blog que o CIEE e a Secretaria de Trabalho do Rio de Janeiro estão selecionando jovens para o programa o Jovem Aprendiz até dia 1º de Julho. Se você não está sabendo disso, leia o post aqui!

Durante o processo seletivo, você vai passar por várias etapas. Na etapa de inscrição, você precisa levar seus documentos e um currículo. Como a gente já deu dicas de como fazer um currículo bacana (veja aqui), as dicas de hoje serão sobre a entrevista com o avaliador.

Isso mesmo! Pensamento positivo: você tem até dia 1º de Julho para fazer sua inscrição. E depois disso, torcer para ser chamado para uma entrevista.

Se tudo der certo (vai dar!), você vai precisar se preparar para mandar bem na entrevista. Por isso, acompanhe as dicas abaixo para saber como impressionar em sua entrevista para o programa Jovem Aprendiz!

A primeira coisa que você precisa se preocupar antes mesmo de ir para uma entrevista de emprego ou trabalho é com sua apresentação pessoal. Com isso, queremos dizer não apenas o que você vai falar, mas como você vai se apresentar fisicamente.

Boa parte da comunicação interpessoal leva em conta aquilo que não é falado, verbalizado, mas sim aquilo que é percebido a partir da maneira como o candidato se expressa.

Por mais que você tenha um bom currículo, saber como se vestir e como se comportar em uma entrevista é essencial.

Roupas, acessórios e maquiagem criam uma imagem de quem a pessoa é. E sobre essa imagem não há como ter nenhum controle, a menos que você evite alguns comportamentos que podem comprometer a avaliação em um momento tão delicado quanto uma entrevista de emprego ou estágio.

Sendo assim, fique de olho nas dicas abaixo!

1 – Vista-se de acordo com o ambiente. Por mais informal que uma empresa possa parecer ser, ao menos nesse momento de avaliação é melhor não pecar pelo excesso. Escolha roupas de tonalidade sóbria, sem estampas muito grandes, camisas com manga de camisa média ou curta.

2 – Não se trata de uma regra, mas uma boa sugestão para as meninas é que elas usem calça ou saia longa ou média; camisa sem decote; sapatilha ou sapatinho com salto médio.

 

Roupa básica e adequada para qualquer entrevista

Roupa básica e adequada para qualquer entrevista

Para não errar!

Para não errar!

3 – Para os rapazes, a dica é usar camisa, calça e sapato social. Caso não se tenha acesso a esse tipo de roupa com facilidade, camisa polo, calça jeans básica e sapatênis também podem compor uma vestimenta apresentável para entrevistas de Jovem Aprendiz.

Um clássico

Um clássico

Boa opção para rapazes jovens, candidatos a vagas de Jovem Aprendiz

Boa opção para rapazes jovens, candidatos a vagas de Jovem Aprendiz

4 – Meninas, maquiagem para entrevista de emprego precisa ser básica. Rímel, corretivo, blush bem leve e batom claro são boas opções. O mesmo vale para esmaltes. Opte por cores mais básicas.

Melhor não!

Melhor não!

Maquiagem básica e bonita!

Maquiagem básica e bonita!

5 – Evite acessórios exagerados como brincos grandes e coloridos, máxi-colar, pulseiras que fazem barulho, piercing visível e/ou alargador, boné e óculos escuros. Não se trata de esconder quem você é, mas sim de deixar que o avaliador perceba o que interessa a ele naquele momento: sua capacidade de ser um bom funcionário, estagiário ou aprendiz.

Não exagere no perfume!

Não exagere no perfume!

Menos é mais!

Menos é mais!

Há outros lugares para se vestir assim.

Há outros lugares para se vestir assim.

 

6 – Mantenha a postura! Preste atenção no modo como você se senta ainda na sala de espera, no modo como segura seus documentos e currículo, na maneira como cumprimenta o avaliador. Seu corpo fala sem que você queira. Por mais cansativo e estressante que seja um processo seletivo, mantenha-se firme e suas chances de aprovação serão melhores.

Força e Motivação!

Força e Motivação!

Uma aperto de mão firme transmite autoconfiança!

Uma aperto de mão firme transmite autoconfiança!

7 – Além da postura física, educação é fundamental. Isso quer dizer que o modo como você se comporta durante o processo seletivo vai ajudar o avaliador na montagem do seu perfil como possível aprendiz da empresa. Por isso, não esqueça de cumprimentar a recepcionista, de oferecer seu lugar caso alguma pessoa necessite, não deixe de mostrar-se flexível a mudanças em relação a algum horário em que o avaliador não estiver disponível. Sorria! Ainda na entrevista, mostre que você é uma pessoa com quem os funcionários da empresa gostariam de trabalhar.

Nunca vá para uma entrevista mascando chiclete!

Nunca vá para uma entrevista mascando chiclete!

Nem pense em ir para uma entrevista sem desligar o celular ou colocá-lo para vibrar!

Nem pense em ir para uma entrevista sem desligar o celular ou colocá-lo para vibrar!

Bom senso é muito importante. Evite comentários íntimos e tratamentos informais, incluindo o uso de gírias.

Bom senso é muito importante. Evite comentários íntimos e tratamentos informais, incluindo o uso de gírias.

 

Dica extra: Cabelo e barba. Como são dois itens de extrema importância para a construção da personalidade de uma pessoa, resolvemos trazer esses dois “itens” à parte. É muito delicado dizer para outra pessoa, ainda mais um jovem que está se formando– tanto sua personalidade quanto sua educação profissional – como se adequar ao que o mercado quer. Seria extremamente cruel e preconceituoso indicar tipos de cabelo e tamanhos de barba adequados. A intenção não é esta! Não vamos dizer que você não pode ter o cabelo ou a barba que tem ou que quer ter, mas vamos alertar para como as coisas funcionam.

Melhor secar o cabelo antes de sair.

Melhor secar o cabelo antes de sair.

Primeiro lugar, uma “regrinha” básica é: não vá para uma entrevista de emprego ou estágio com o cabelo molhado. Você pode se perguntar: qual o problema disso? A princípio, nenhum. Mas cabelo molhado passa a impressão de que a pessoa não se preparou para aquele momento, que aquela entrevista não é importante. Além disso, a água pode molhar sua roupa e piorar ainda mais a situação, não acha?

Segundo lugar: pense sobre o que é mais importante para você durante uma entrevista: ser avaliado de acordo com sua capacidade e potencialidade profissional ou de acordo com seus atributos físicos e de personalidade? Claro que sua personalidade tem tudo a ver com o seu trabalho, mas antes de mostrar quem você é, preocupe-se em mostrar o que você pode fazer para a empresa. Se você não conseguir fazer isso, esqueça a chance de mostrar quão legal você é, quanta personalidade você tem e o quanto você combina com a empresa.

Barba e moicano na entrevista de emprego: será?

Barba e moicano na entrevista de emprego: será?

O que estamos querendo dizer é: jogue o jogo do mercado e saia ganhando. Mostre em primeiro lugar o que os recrutadores e avaliadores querem ver. Depois de ganhar a primeira rodada do jogo e conseguir a vaga, mostre para eles quem você é.

Dito isso, a dica que damos sobre cabelos e barba segue a mesma linha de acessórios e roupas extravagantes. Seja básico! Não por que você tem que se enquadrar a um padrão de beleza (o que até pode ser verdade em alguns casos), mas por que você quer chamar a atenção do avaliador para seus atributos profissionais no primeiro momento.

Deixamos como dica a leitura deste texto sobre cabelos e mercado de trabalho. Ele foi escrito por uma profissional de RH e mostra como realmente as coisas funcionam com dicas úteis de verdade. Leia o texto aqui!.

O vídeo abaixo foi realizado pela Nube Estágios com profissionais de RH dando dicas de como se vestir adequadamente no ambiente de trabalho. Vale conferir!

Gostou das dicas? Pretende usá-las em suas entrevistas?

Conta para gente nos comentários abaixo!

Quarta-feira a gente vai trazer as 10 perguntas mais comuns feitas em entrevistas de emprego e estágio para ajudar na sua preparação. Até lá!