Se você sonha ingressar em uma universidade pelo ENEM, precisa saber que mandar bem na redação é essencial.

redação Enem 2016

redação Enem 2016

Valendo 1000 pontos, a redação geralmente avaliada por três professores segundo 5 competências, que são:

1) Domínio da norma padrão da língua portuguesa;

2) Compreensão da proposta de redação;

3) Seleção e organização das informações;

4) Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto;

5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais.

Isso quer dizer que não basta ser muito criativo ao escrever se a gramática não for levada em consideração ou não adianta escrever tudo corretamente se não existir uma lógica de pensamento.

Como a redação tem um peso muito grande na prova, é preciso dedicar bastante tempo a fim de treinar gramática, estrutura dissertativa e conhecimentos gerais. Isso mesmo que você leu! É preciso ficar atento aos acontecimentos e temas que podem cair da redação do Enem.

Pensando nisso, a gente pesquisou em diversos sites como o Hora do Enem, Globo.com,  Portal Brasil, entre outros dos possíveis temas que podem cair no Enem 2016.

Não há qualquer garantia de que a redação do Enem 2016 será sobre um desses temas, mas se você treinar com eles já estará muito bem preparado para o que vier pela frente. Preparado? Então veja a lista abaixo!

 

1 – Legado das Olimpíadas

A dica para se dar bem com esse tema é buscar dados sobre investimentos realizados durante as Olimpíadas, obras, faturamento em turismo com o evento, imagem do Brasil para o mundo etc.

2 – Redução da Maioridade Penal

Como se trata de um tema muito discutido atualmente, pode ser que ele caia na prova. A dica é buscar estudos em outros países que abordem essa questão, buscar argumentos a favor e contra e justificar sua opinião. É um tema polêmico, por isso é importante pensar bastante antes de escrever.

3 – Manifestações políticas

Tema de debate público desde 2013, as manifestações políticas e populares também parece ser um tema atual para ser tratado na redação. A dica é construir muito bem seus argumentos, pensar como se dá a relação entre policiais e manifestantes, a questão da democracia e o direito de expressão com a repressão nos protestos e também como são as experiências democráticas semelhantes em outros países.

4 – Preconceito racial

Assunto delicado como foi o tema da redação do ano passado, o preconceito racial como tema de redação pode englobar questões como o acesso desigual aos empregos, a questão das cotas nas universidades e até a abordagem policial seletiva.

5 – Conceito de família

Aprovado há pouco mais de um ano pela Comissão Especial sobre Estatuto da Família, o conceito de família brasileiro exclui casais homoafetivos. Em que isso implica? Qual a sua opinião sobre o assunto? Mais uma vez, a dica é, além de expor sua opinião, buscar argumentos em estudos científicos, por exemplo.

Outros possíveis temas são: Corrupção na Petrobras, Liberdade de expressão, Intolerância religiosa e Limites da busca estética.

Para praticar a forma da prova de redação, a última dica do post: este vídeo do youtube com mais de 1 milhão de visualizações. Nele, o professor Romulo Bolivar ajuda na construção do texto. Vale muito a pena assistir!

 

 

 

Você está no ensino médio e ainda não tem ideia do que fazer da vida? Normal! Respira fundo porque isso acontece com quase todo mundo. Tem gente que aos 50 ainda não sabe.

E aí?

E aí?

Mas o interessante de pensar sobre “o que você quer fazer da vida”, que geralmente está relacionado a uma profissão, é que isso faz parte de um processo de autoconhecimento. E se conhecer é algo que não tem idade, até por que quando a gente escuta essa pergunta “o que você quer fazer da vida ou quando crescer?” um turbilhão de coisas acontecem na nossa mente para se ter uma resposta e o indicado é que a resposta para essa pergunta seja algo que realmente faça parte de quem você é e de quem você quer se tornar.

A maneira mais rápida de pensar sobre sua escolha de profissão é fazendo um teste vocacional. Para quem não sabe, o teste vocacional contém uma séri de perguntas com respostas divididas por áreas de conhecimentos. À medida em que você vai respondendo, o teste vai construindo um perfil profissional para, no fim, dizer quais as áreas compatíveis com você.

Esse teste pode ser feito em vários momentos da vida e pode também dar resultados diferentes, embora na maioria das vezes o resultado seja bem parecido.

Das dezenas de opções disponíveis na internet, nós testamos alguns como o teste do site Material Didático, do Mundo Vestibular, do Guia da Carreira, do Giro das Profissões e alguns outros. Mas de todos esses, nós indicamos o teste do site Carlos Martins por ser inspirado no trabalho do psicólogo e educador norte-americano  John Holland e por agrupar análises relacionadas ao perfil e aos tipos de profissões de modo mais qualitativo do que os outros testes que apresentam opções muito engessadas de resposta.

Para fazer o teste vocacional online e gratuito, clique na imagem abaixo.

Clique na imagem para fazer o teste

Clique na imagem para fazer o teste

E aí, qual foi o resultado?

Não esqueça de compartilhar com a gente nos comentários “o que você vai ser quando crescer”, hein!

Enquanto a gente aguarda ansiosamente as fotos e o vídeo da festa Felicidade Máxima, que tal organizarmos um pouco uma rotina de estudos para o Enem?

Enem-2016-Local-de-Prova

Com quase 10 milhões de inscritos, o Exame Nacional do Ensino Médio vai acontecer no primeiro fim de semana de novembro, nos dias 5 e 6, em todo o Brasil. No sábado, dia 5, os inscritos farão provas de ciências humanas e ciências da natureza. Já no domingo, dia 6, as a provas serão de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Para saber onde serão aplicadas as suas provas, caso você esteja inscrito, acesse o portal do INEP e utilize seu cartão de inscrição para fazer o login e localizar seu local de prova: http://enem.inep.gov.br/participante/#/inicial.

Mas o post de hoje aqui no blog serve para te ajudar a organizar uma rotina de estudos para que você faça uma boa prova. Isso por que o sucesso no Enem e nos vestibulares de modo geral dependem não apenas do quanto você estudou os conteúdos que vão ser solicitados, dependem de técnicas de execução, de planejamento, de uso do tempo, de calma. Se você ainda não planejou sua rotina de estudos e ainda não está munido de técnicas de execução de provas, fique atento às 3 dicas que vamos dar hoje.

 

1 – Estude! Claro que esta seria a primeira dica, né? Nenhuma das outras terá efeito se você não tiver conteúdo para fazer a prova. Para isso, o INEP criou uma plataforma repleta de conteúdos e simulados para ajudar os alunos na hora de estudar. O nome do portal é “Hora do Enem” e nele contém várias iniciativas como o MECFlix, em alusão ao NetFlix, que disponibiliza videoaulas gratuitas; tem também uma plataforma de estudo onde é possível criar um Plano de Estudos online personalizado e há também um programa de TV chamado “Hora do Enem” pela TV Escola que aborda questões pertinentes ao exame. Para ficar por dentro de tudo isso, acesse o site http://horadoenem.mec.gov.br/#  e desfrute tudo que ele oferece.

"Hora do Enem"

“Hora do Enem”

 

2 – Treine! Aqui vai uma dica que tem a ver com a anterior, mas não é a mesma coisa. Muita gente acha que está preparado para o Enem depois de ler muito sobre as disciplinas e fazer os exercícios dos livros e apostilas, mas a maioria esquece de treinar a prova efetivamente. Não basta saber tudo se você não consegue interpretar o que está sendo pedido e passar para o papel em tempo hábil. Então, duas coisas: treine a leitura e entendimento da prova e treine o tempo que você deverá levar para concluí-la. Para isso, a melhor coisa é fazer simulados. Faça o máximo que você puder. Aqui estão alguns links de simulados gratuitos que você pode fazer pela internet: Simulado do IG http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/simulado-enem/ e Simulado do UOL http://simulado.educacao.uol.com.br/.

Simulado-Enem

A dica é treinar como se você já estivesse na prova, use o tempo correto, organize um espaço na sua casa em que você possa ficar dedicado a isso e sinta-se no dia da prova. Para ter acesso às provas antigas do Enem, vá até o site do INEP neste link: http://portal.inep.gov.br/web/enem/edicoes-anteriores/provas-e-gabaritos.

 

3 – Calcule o tempo! Esta dica tem a ver também com a dica anterior, mas ela precisa de atenção especial. Existe uma técnica mundialmente usada chamada Pomodoro. Essa técnica consiste em fazer com que você gerencie seu tempo de maneira inteligente. A palavra “pomodoro” significa “tomate” em italiano e a técnica recebeu esse nome porque seu criador, o italiano Francesco Cirillo, usou um cronômetro de cozinha, como esse abaixo, para organizar o tempo das suas atividades. Baseando-se na ideia de fluxo de trabalho e na lógica de economia da atenção, ele passou a dividir seus esforços em blocos de 25 minutos, sendo essa a medida ideal de tempo para empregar em cada fluxo sem perder a qualidade do que é desenvolvido. Essa técnica é interessante para estudar para o ENEM por três motivos: controla a procrastinação, isto é, aquele tempo perdido nos Facebooks e Whatsapps da vida que nos faz deixar o importante para depois, exercita nossa disciplina e ativa nosso sistema de recompensa.

Técnica Pomodoro

Técnica Pomodoro

Se você não tem um cronômetro bonitinho como esse, pode usar o cronômetro do celular (mas só para isso, hein) e colocar intervalos de 25 minutos. Ou, ainda melhor, use o Tomato Timer (https://tomato-timer.com/), um site que já marca os 25 minutos da técnica e ainda avisa quando chega ao fim. Sua meta será estudar uma disciplina a cada intervalo de 25 minutos. Durante esse período de tempo, você não poderá fazer mais nada. Sem Facebook, sem água, sem banheiro. A boa notícia é que você terá intervalos e nesses intervalos entre um fluxo e outro você pode fazer o que quiser, até voltar para outro bloco de 25 minutos sem interrupção. Que tal testar?

tomato-timer

 

Conhece alguma outra dica para compartilhar com seus colegas? Comente aqui embaixo! Na quarta-feira, vamos falar sobre redação!

estude-enem

Você sabe o que é um infográfico? Certamente você já recebeu dezenas deles enquanto navega pela internet. O infográfico é o que o próprio nome diz: um gráfico de informações. Mas não é simplesmente um gráfico como aqueles do Excel. As principais diferenças entre gráficos comuns e o infográfico é que ele é mais atrativo visualmente, reúne uma quantidade significativa de informação em pouco espaço e transmite informações com facilidade.

Na verdade, o sucesso do infográfico está em seu próprio formato: informação + imagem.

Como ele é um recurso muito interessante para comunicar muitas coisas num pequeno espaço, ele tem sido utilizado também para estudar. Isso mesmo!

Milhares de internautas estudam por meio de infográficos que encontram na internet. Claro que essa não é a única fonte de informação, mas é uma excelente maneira de resumir conteúdo e acessar para fazer revisão, por exemplo.

Bom, nós estamos falando disso hoje porque nós reunimos aqui uma série de infográficos para te ajudar na preparação para o Enem. São 8 infográficos que reúnem os principais assuntos abordados em todas as disciplinas avaliadas no Enem nos últimos 3 anos. Isso não é demais?

A dica é: baixe os infográficos, imprima e organize seus estudos com base nas informações apresentadas ali. Como eles foram produzidos pela Universia (http://www.universia.com.br/), as informações são realmente confiáveis!