Que atire a primeira pedra quem é que nunca ficou com dúvidas na hora de pronunciar o nome de uma marca. Por mais estudioso de idiomas que você seja, sempre aparece uma dúvida quando se trata de uma marca nova ou daquela marca que nós já “abrasileiramos” e conhecemos desde a infância.

Aprenda a pronunciar corretamente

Aprenda a pronunciar corretamente

Pensando nisso, o youtuber Mr. Teacher Paulo gravou um vídeo muito divertido com um amigo norte-americano em que ele ensina a pronunciar corretamente algumas das marcas mais famosas e presentes em nosso dia a dia.

O canal do Mr. Teacher Paulo sempre traz dicas muito bacanas para quem está estudando inglês e este vídeo, além de útil, é muito engraçado.

Algumas das marcas escolhidas por eles são Levi’s, Nike, Colgate e a gente nem imaginava que falava “errado”! Veja no vídeo abaixo!

Mas antes mesmo do Mr. Teacher Paulo levantar esse tema, já circulava pela internet uma série de imagens comparando mostrando a maneira como ela deveria ser pronunciada. Veja a lista abaixo e aproveite para treinar a pronúncia correta.

Como você se saiu? Pode falar, a vida seria bem mais fácil se as marcas fossem escritas exatamente do jeito que devem ser pronunciadas, né não?

Se fazer um intercâmbio no exterior é um dos seus maiores sonhos, mas a grana te impede de realizá-lo, você precisa conhecer a AIESEC.

intercambio-aiesec

A Association Internationale des Etudiants en Sciences Economiques et Commerciales, conhecida no mundo inteiro como AIESEC, foi criada em 1948 na Bélgica e hoje é a maior organização sem fins lucrativos (ONG) do mundo gerenciada por estudantes universitários. O objetivo da AIESEC, reconhecida pela UNESCO, é promover o intercâmbio cultural e social de jovens, contribuindo com o desenvolvendo local a partir de projetos especiais.

Diferente de todas essas agências de intercâmbio que você conhece, a AIESEC não trabalha vendendo pacotes de cursos e/ou trabalho na Disney, por exemplo. Com a AIESEC, você tem duas opções: intercâmbio social ou intercâmbio profissional.

pessoas-aiesec

No primeiro caso, você atua como voluntário em um projeto social criado pela AIESEC em conjunto com uma instituição do país. Na maioria dos casos, você é recebido por uma família que te acolhe e dá uma refeição diária durante toda a duração do projeto, além de ser recebido no aeroporto por uma equipe da AIESEC e ter suporte local durante sua estadia. Os projetos duram entre 6 e 8 semanas e estão relacionados a distintas áreas. Você pode escolher o país onde deseja ir e o tipo de projeto em que quer trabalhar. Você pode dar aula de idiomas, de orientação profissional, pode trabalhar na comunicação de uma ONG, promover a cultura local etc.

O voluntário precisa arcar com uma taxa administrativa que é paga ao escritório da AIESEC no Brasil, que irá cobrir toda orientação, acompanhamento, estadia e apoio no país estrangeiro. O intercambista deve arcar com os custos de passagem, seguro saúde e outros possíveis gastos com a viagem. A maior parte dos projetos exige nível intermediário do idioma, ou seja, você não precisa falar fluentemente a língua do país onde pretende ir, mas precisa estar disposto a aprender.

Para o intercâmbio profissional, é preciso ter alguma experiência na área, já estar bastante encaminhado na universidade e dominar o idioma do país onde se pretende trabalhar. Neste caso, é feita uma seleção mediada pela AIESEC e as empresas parceiras, que avaliam os candidatos por Skype. Os intercambistas recebem para estagiar nas empresas e o tempo de duração do intercâmbio é de, geralmente, 6 meses.

A diferença entre fazer um intercâmbio por uma agência e fazer um intercâmbio pela AIESEC será a sua experiência cultural. Com os projetos da AIESEC você se sente realmente fazendo parte de algo maior, ajudando a transformar a realidade do mundo. Há, de fato, um intercâmbio, pois você e a população local aprendem juntos, trocam visões de mundo e conhecimento.

Se você realmente quer ter uma experiência no exterior, seja agora ou no futuro, não desista! Informe-se bastante e passe a considerar a AIESEC em seus planos, pela possibilidade de crescer culturalmente.

Para conhecer melhor a organização onde grandes nomes como Kofi Annan (Nobel da Paz), Bill Clinton (ex-presidente dos EUA) e o atual presidente de Portugal já trabalharam, acesse o site: AIESEC Brasil.

É importante ressaltar que este post não é uma propaganda e que a intenção aqui é apresentar a AIESEC como uma opção de mediação de experiências culturais ainda pouco conhecida entre os jovens. Por isso, indicamos também os depoimentos disponíveis na internet, em blogs e vídeos, feitos por pessoas que já saíram do país pela AIESEC. Como sugestão especial, fica registrado abaixo o vídeo da nossa já conhecida parceira Julia Jolie, que fez seu intercâmbio na China pela AIESEC.

O que achou? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Não é novidade que a internet transformou a maneira de aprender. Quantas pessoas você conhece que já aprenderam coisas sozinhas pela internet?

O nome que se dá para a pessoa que aprende alguma coisa sozinha é autodidata. E nunca existiu tanto autodidata quanto hoje em dia. Gente que aprendeu sem professor, sem curso e sem faculdade. Mas é claro que o conhecimento não vem do nada e não é por que não se está em curso ou com um professor presencial que não precisa de disciplina. É exatamente o contrário!

Quem estuda sozinho, precisa se disciplinar muito mais do que quem estuda acompanhado, pois não tem ninguém para organizar o conteúdo que vai ser estudado e ninguém para cobrar.

Então, a dica de hoje é daquelas que você tem que colocar na sua página de favoritos e acessar todos os dias – ou algumas vezes durante a semana, pelo menos.

Inglês e Conhecimentos Gerais com o TED Talks

Você já conhece o TED Talks? Trata-se de uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo espalhar boas ideias. O significado da sigla é Technology, Entertainment, Design (TED), em inglês. A ideia nasceu na Califórnia, em 1984, mas hoje em dia conta com uma plataforma de conhecimento online que reúne os vídeos das apresentações presenciais de palestrantes do mundo todo. Pesquisadores, cientistas e pessoas com grandes histórias de vida são convidadas para falar no TED. Só gente que realmente tem boas ideias para contar.

 

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Isso tudo faz do TED Talks uma fonte de conhecimento incrível, pois os temas das palestras são atuais e relevantes socialmente.

E se você já está achando o TED demais, vai achar ainda melhor com o que vai ler abaixo!

Tem uma seção da plataforma do TED Talks destinada à educação. Isso mesmo. É o TED Studies que, além dos vídeos com legendas disponíveis em mais de 100 idiomas diferentes, tem dados mais profundos dos temas abordados, informações dos palestrantes e artigos. Tudo isso separado por áreas como Biologia, Física, Neurociência, Medicina, Religião, entre outros. E os temas dos vídeos variam muito. Alguns destaques são: Mudança Climática, Repensando o Câncer, Mapeamento e Manipulação da Mente, Entendendo a Felicidade, Visualizando Dados, entre outros.

clique na imagem para ampliar

clique na imagem para ampliar

Se você ainda tem dúvidas de como o TED pode ser útil na sua vida, apenas imagine como suas redações podem se tornar interessantes e fundamentadas com os temas das palestras. Além disso, todos os vídeos são em inglês com legendas em inglês e/ou português (e outras línguas). Você treina o idioma!

Acesse agora mesmo o TED Studies no site do TED Talks!

Em breve, vamos falar também da plataforma TED Ed. Fique de olho!

E confira abaixo nossa indicação com 3 vídeos para começar!

 

The beauty of data visualization, com David McCandless

Design alinhado a Informação produzindo imagens incríveis com dados.

 

Moral behavior in animals, com Frans de Waal

Será que os animais possuem valores e comportamentos morais como os humanos?

 

The surprising science of happiness, com Dan Gilbert

Parece que a ciência da felicidade tem muitas coisas a ensinar.